Se o velho é o outro, quem sou eu? A construção da auto-imagem na velhice

dc.creatorDe Ávila, Ana Helena
dc.creatorGuerra, Marcia
dc.creatorRangel Meneses, Maria Piedad
dc.date2022-11-09
dc.date.accessioned2023-10-11T04:01:29Z
dc.date.available2023-10-11T04:01:29Z
dc.descriptionEste estudo investigou como o idoso constrói sua auto-imagem a partir da representação social da velhice. Foram realizadas sete entrevistas semi-estruturadas, com idosos de 72 a 91 anos, de ambos os sexos, diferentes classes sociais e diferentes graus de escolaridade, residentes em Porto Alegre e Grande Porto Alegre. As entrevistas abordaram as seguintes áreas de interesse: auto-imagem na velhice, representações sociais da velhice e vivências pessoais. Os resultados indicaram que existem duas possibilidades para a construção desta auto-imagem e ambas estão permeadas pela representação social que o outro tem da velhice.pt-PT
dc.formatapplication/pdf
dc.identifierhttps://revistas.javerianacali.edu.co/index.php/pensamientopsicologico/article/view/70
dc.identifier.urihttps://vitela.javerianacali.edu.co/handle/123456789/358
dc.languagespa
dc.publisherPontificia Universidad Javeriana Calies-ES
dc.relationhttps://revistas.javerianacali.edu.co/index.php/pensamientopsicologico/article/view/70/63
dc.rightshttps://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0es-ES
dc.sourcePensamiento Psicológico; Vol. 3 No. 8 (2007): Pensamiento Psicológico ; 12en-US
dc.sourcePensamiento Psicológico; Vol. 3 Núm. 8 (2007): Pensamiento Psicológico ; 12es-ES
dc.source2665-3281
dc.source1657-8961
dc.subjectvelhicept-PT
dc.subjectrepresentação socialpt-PT
dc.subjectauto-imagempt-PT
dc.titleSe o velho é o outro, quem sou eu? A construção da auto-imagem na velhicept-PT
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/article
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.type"Artículo revisado por pares"es-ES
Files